Cheias na Colômbia afetam 30 mil pessoas
BR

22 dezembro 2008

Agência da ONU lançou operação de emergência em várias partes do país; chuvas começaram em setembro.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, informou que deverá assistir cerca de 30 mil pessoas afetadas pelas cheias na Colômbia.

A operação de emergência, lançada nesta segunda-feira, pretende atender várias partes do país atingidas pelas enchentes e avalanches. O mau tempo foi causado pela erupção de um vulcão, no mês passado.

Vulcão

Segundo o PMA, as fortes chuvas na Colômbia começaram em setembro.

Pelo menos 66 pessoas morreram e ao todo 1 milhão foram afetadas.

O governo colombiano afirma que as províncias de Sucre, Bolivar e Chocó, no norte e oeste do país, são as mais carentes. Cerca de 24 mil pessoas estão dependendo de ajuda externa.

Já no sul, local da erupção do vulcão Nevado de Huila, existem 6 mil pessoas precisando de socorro.

Pacífico

A operação de emergência do PMA incluirá distribuição de alimentos para 4,5 mil pessoas em 30 comunidades no município de San Juan, na costa do Oceano Pacífico.

A ação está sendo coordenada com o governo colombiano e Instituto de Bem-Estar da Família.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud