Sudão e Unicef fazem acordo para proteger menores

23 dezembro 2008

Um memorando entre o Fundo das Nações Unidas para a Infância e as Forças Armadas sudanesas define os 18 anos como a idade miníma de recrutamento e o compromisso na protecção dos menores.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, anunciou que recebeu com satisfação a assinatura, esta terça-feira, do Memorando de Entendimento entre as Forças Armadas do Sudão, o Conselho Nacional para o Bem-estar das Crianças e o Unicef.

Entre outros pontos, o documento estipula que a idade de recrutamento militar são os 18 anos e o compromisso da instituição militar em proteger as crianças.

Protecção

O fundo considera que o memorando representa um importante compromisso para o reforço da segurança dos menores sudaneses.

Também esta terça-feira, a missão conjunta da ONU e da União Africana no Darfur, Unamid, anunciou a chegada ao oeste do país de 45 militares da Companhia de Transportes da Etiópia.

Segundo a ONU, os restantes 80 elementos esperados chegarão ainda esta semana.

Abastecimentos

A companhia etíope vai fazer a distribuição dos abastecimentos entre várias bases logísticas, transportar carga, água e combustíveis.

O contributo da Etiópia para a Unamid compreende uma unidade de engenharia, um batalhão de infantaria e uma companhia de trasportes logísticos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud