FMI revela descida da economia na RD Congo (Português para a África)

24 dezembro 2008

Um relatório da instituição financeira internacional diz que crise e despesas com segurança agravaram situação económica do país em 2008.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Um relatório do Fundo Monetário Internacional, FMI, sobre a situação económica na República Democrática do Congo revela que a crise financeira global e o aumento da intensidade dos conflitos internos trouxeram dificuldades ao país.

O documento diz que a descida dos preços do bronze e do cobre, duas das matérias-primas que o país exporta, tiveram consequências na economia interna e no emprego, sobretudo no sector mineiro.

Pessimismo

O FMI sugere que o crescimento económico da RD Congo para este ano será de 8% e não de 10% como estava previsto.

O órgão mantém expectativas pessimistas para o país em 2009, com as exportações no sector mineiro a decrescerem e as consequencias para as áreas económicas dependentes desta indústria.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud