PAM enumera áreas sob risco de fome em África

26 dezembro 2008

Agência da ONU elaborou uma lista dos países que mais podem precisar de ajuda no próximo ano e tem em funcionamento projectos e iniciativas para evitar situações de catástrofe.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Programa Alimentar Mundial, PAM, apresentou aqueles que considera serem os países africanos onde existe o maior risco de fome no próximo ano.

Para o PAM, Chade, Etiópia, Somália, Quénia e o Sudão são os Estados para onde devem ser canalizados mais de 32,7 milhões de toneladas cúbicas de comida para o período entre Junho e Dezembro de 2009.

Dificuldades Chade

O PAM destaca a situação particular do Chade, para onde é necessário começar desde Fevereiro próximo a armazenar comida uma vez que a distribuição de alimentos é feita através de estradas que estão em muito más condições para circulação.

Outra razão é porque essas estradas estarão fechadas a partir de Junho, altura das chuvas, momento a partir do qual milhares de campos de refugiados passam a estar isolados.

Pastos

Na Etiópia, a Organização da Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, prevê uma produção agrícola para 2009 abaixo do habitual, devido à falta de chuvas que o país regista.

A FAO estima que as reservas de água possam escassear e a possibilidade de dificuldades em manter pastos para os animais.

Iniciativas

O PAM calcula que 20% da população da Somália sofre de subnutrição e planeia distribuir mais de 8,4 milhões de toneladas de alimentos em resposta ao aumento das dificuldades dos somalis em conseguirem comida.

O PAM está ainda a desenvolver várias iniciativas, em colaboração com organizações parceiras, para possibilitar mais produção agrícola ao longo do próximo ano.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud