Unfpa envia material para hospitais no Zimbabué (Português para a África)

29 dezembro 2008

Saúde passa por colapso, segundo OMS; 15% vivem com HIV/Sida e cólera já matou pelo menos 1518 pessoas, 26 mil estão infectadas.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa, está a fornecer aos hospitais do Zimbabué dinheiro e equipamento médico essencial para o tratamento de grávidas.

De acordo com a ONU, a ajuda está a chegar numa altura em que o país se debate com o colapso do sistema de saúde e com o maior surto de cólera que o Zimbabué já registou até hoje. Pelo menos 1518 pessoas morreram e mais de 26 mil estão contaminadas com a cólera.

Acesso

Para além disso, o Zimbabué tem 15% de sua população, ou 1 milhão de pessoas, vivendo com o HIV/Sida.

O Unfpa informou que está a colaborar com o Ministério da Saúde do Zimbabué e com outros parceiros no país para fornecer os hospitais com equipamento de saúde reprodutiva, medicamentos e reservas para as maternidades, muitos deles em situação de colapso.

Segundo o Unpfa, o actual fornecimento vai permitir o tratamento a 900 mil pessoas durante os próximos três meses.

A organização considera ainda que a prevenção do HIV e o acesso a tratamentos seguros, incluindo cuidados de obstetrícia, são fundamentais para a sobrevivência de muitos destes doentes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud