Unrwa pede fim dos bombardeios em Gaza BR

Unrwa pede fim dos bombardeios em Gaza

Após visita à região afetada, Agência da ONU de Assistência a Refugiados retrata ‘ampla destruição e perda de vidas’.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos, Unrwa, pediu ao governo de Israel que cesse o bombardeio a Gaza.

A comissária-geral da Unrwa, Karen AbuZayd, expressou seu horror com o que chamou de “ampla destruição e terrível perda de vidas”.

Foguetes

Pelo menos 280 pessoas morreram e mais de 600 ficaram feridas.

AbuZayd visitou as áreas bombardeadas, nesta segunda-feira, após as operações que começaram no sábado.

O governo israelense afirma que a ação, que já dura três dias, é uma resposta aos ataques com foguetes lançados por militantes palestinos contra o sul de Israel.

Em sua nota, a chefe da Unrwa afirmou que a agência responderá, o mais rápido possível, para aliviar o sofrimento dos palestinos.

Direitos Humanos

Numa declaração separada, a alta comissária da ONU de Direitos Humanos, Navi Pillay, disse que a escalada da violência em Gaza é motivo de preocupação.

Pillay condenou os ataques do movimento islâmico Hamas, que controla Gaza, contra alvos israelenses. E disse ainda que Israel usou a força de forma desproporcional ao responder aos atentados.