Monuc condena ataques de rebeldes contra civis

29 dezembro 2008

Missão da ONU na RD Congo está apreensiva com informações sobre possíveis ataques de represália dos rebeldes contra civis que terão consistido em violações graves dos direitos humanos

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão da ONU na República Democrática do Congo, Monuc, tem informações sobre execuções sumárias e outras violações aos direitos humanos praticados por elementos do movimento rebelde Exército de Resistência do Senhor contra civis.

Segundo as informações que chegaram à Monuc, pelo menos 15 pessoas terão morrido e terão sido observados casos de saques e destruição de casas.

Fuga

De acordo com a Monuc, os actos de violência terão sido praticados no território de Faradje, na província de Orange.

Os casos terão acontecido durante a fuga dos rebeldes depois do ataque lançado nos dias 22 e 23 de Dezembro pelos exércitos da RD Congo, Uganda e do Sul do Sudão contra as posições do Exército de Resistência do Senhor.

A Monuc transportou para a região uma companhia de soldados congoleses, como forma de prevenção.

Prevenção

Uma segunda companhia de forças da RD Congo seguirá esta terça-feira para a região de Haut-Uélé, onde teriam sido registados outros ataques.

A Monuc revelou que continua a seguir a situação e a fazer tudo para proteger os civis e reforçou o pedido às forças armadas que combatem os rebeldes para se assegurarem que não haverá represálias sobre a população.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud