Ban pede cessar-fogo em Gaza

29 dezembro 2008

Secretário-Geral falou aos jornalistas na sede da ONU e disse que está em contacto com líderes internacionais para discutir o tema; bombardeamentos de Israel mataram pelo menos 320 pessoas desde sábado.

Monica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou, nesta segunda-feira, que a situação em Gaza é inaceitável.

Desde sábado, que a força aérea de Israel está a bombardear alvos na Faixa de Gaza. As operações já mataram pelo menos 320 pessoas e deixaram centenas feridas.

De acordo com autoridades locais, pelo menos dois israelistas foram mortos, mas ainda não há número exacto de feridos.

Ban falou aos jornalistas na sede da ONU em Nova Iorque.

Segundo Ban Ki-moon, a escalada da violência deve acabar. Ban disse que Israel e o movimento islâmico Hamas, que controla Gaza, têm que suspender os actos de violência e tomar medidas que protejam os civis. Ban afirmou que um cessar-fogo deve ser declarado imediatamente, e que a retórica inflamada também precisar ser suspensa para dar lugar ao diálogo.

Logo após sua declaração, o Secretário-Geral foi seguido pelo chefe do Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, John Holmes. que disse que a passagem da ajuda humanitária está a ser feita para os refugiados através da entrega de trigo e cereais, mas o fornecimento de combustível ainda é muito baixo.

As fronteiras entre Israel e Gaza continuam abertas apesar da violência.

*Apresentação: João Rosário,da Rádio ONU em Nova Iorque*.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud