Sul da África entre zonas com mais homicídios

30 dezembro 2008

Relatório revela que os países da região ao lado das Américas Central e do Sul têm maiores índices de homicídio intencional; Angola e Moçambique estão nas piores áreas.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime, Unodc, divulgou um relatório sobre homicídio no mundo, que apresenta o sul de África e as Américas Central e do Sul como as zonas onde ocorrem mais mortes por homicídio.

De acordo com o documento, as três regiões estão no segmento onde ocorrem mais de 25 assassinatos por cada 100 mil habitantes.

Contributo

Segundo o Unodc, o objectivo do estudo é sistematizar dados sobre homicídio intencional de modo a permitir aos governos e investigadores meios instrumentos para elaborar melhores políticas contra o crime.

Angola e Moçambique estão incluídos nas áreas mais perigosas, bem como a África do Sul, país onde o Fórum Contra a Violência, uma organização da sociedade civil, procura meios para diminuir os homicídios entre a comunidade portuguesa.

Em declarações à Rádio ONU, a partir de Johanesburgo, o padre Carlos Gabriel explicou as razões para a violência na África do Sul.

História

“Há uma história de violência inata às tribos africanas e em todos os povos que aqui se fixaram; há um completo desrespeito pela lei deste país e, em terceiro lugar, há muita pobreza e muito desemprego”, disse.

O estudo do Unodc aponta a Europa ocidental e central e o oeste da Ásia como as zonas do mundo com menos homicídios.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud