Nações Unidas abrem Fórum Urbano Mundial
BR

3 novembro 2008

Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, UN-Habitat, indica que em 2058, dois terços da população mundial estará vivendo em cidades.

Samantha Barthelemy e Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas iniciam, nesta segunda-feira, a 4ª sessão do Fórum Urbano Mundial, em Nanquim, na China.

O evento têm como objetivo avaliar questões como a urbanização crescente e suas conseqüências sobre comunidades, cidades, economias e políticas. E desenvolver propostas de ação para a criação de cidades sustentáveis.

Pobreza Urbana

O encontro reúne especialistas em urbanização e representantes de organizações não-governamentais, governos, autoridades locais e associações nacionais e internacionais.

Segundo o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, UN-Habitat, a previsão é de que em 2058, dois terços da população mundial estará vivendo em cidades.

Ainda nesta segunda-feira a diretora-executiva do UN-Habitat, Anna Tibaijuka destacou que a atual crise financeira mundial ameaça os acordos de diminuição da pobreza nas cidades e que os governos precisam manter o compromisso com as Metas do Milênio da ONU.

Desafios

De acordo com a agência, os maiores desafios são minimizar a pobreza nas cidades, melhorar o acesso a serviços básicos como abrigo, água limpa e saneamento e alcançar um desenvolvimento e crescimento urbano sustentável.

Atendendo ao pedido do UN-Habitat, o primeiro ministro de Bahrain, Khalifa Bin Salman Al Khalifa, informou que o país irá lançar um concurso para incentivar idéias sobre desenvolvimento urbano e premiar as melhores práticas de planejamento das cidades no mundo.

O evento, que acontece a cada dois anos, termina em 6 de novembro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud