Ajuda humanitária da ONU chega a RD Congo

3 novembro 2008

A principal prioridade é distribuir água potável para evitar o risco de cólera.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Ajuda humanitária das Nações Unidas começou hoje a chegar às áreas controladas pelos rebeldes no leste da República Democrática do Congo, na sequência do cessar-fogo acordado na semana passada.

Uma coluna humanitária da ONU chegou à localidade de Rutshuru, a norte da capital provincial Goma, onde na semana passada campos de deslocados internos foram saqueados e queimados, segundo a agência das Nações Unidas para Refugiados, Acnur.

Ajuda Humanitária

A informação é do porta-voz do Unicef em Goma, Jaya Murthy.

Jaya Murthy disse que a principal prioridade da ONU é distribuir água potável a todas as áreas aonde estão os deslocados internos, de modo a evitar o risco de cólera, uma doença que se alastra facilmente e pode ser fatal para milhares de pessoas.

A ajuda humanitária das Nações Unidas, transportada em cerca de uma dezena de camiões, também inclui biscoitos altamente nutritivos, medicamentos e equipamento médico.

Coordenada pelo Escritório da ONU para Assuntos Humanitários, Ocha e escoltada por capacetes azuis da missão da ONU na RDCongo, Monuc, a coluna humanitária chegou a Rutshuru sem qualquer incidente.

Situação Tensa

Uma equipa da ONU vai também efectuar uma avaliação das necessidades humanitárias na província de Kivu Norte, particularmente as áreas controladas pelos rebeldes do ex-general Laurent Nkunda.

A situação em Goma é descrita pelo ONU como estável mas ainda tensa. “As pessoas estão nervosas pois sabem que apesar da calma actual, as coisas podem mudar rapidamente”, disse Jaya Murthy, do Unicef, numa entrevista à Rádio ONU, a partir de Goma.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud