Ocha adverte para situação humanitária no Chade

3 novembro 2008

John Holmes (foto) pediu às partes beligerantes para não afectarem a continuação das actividades humanitárias.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha, advertiu para a deterioração da situação humanitária e de segurança no Chade, que afecta mais de 26 mil deslocados internos na região de Dogdoré.

As operações humanitárias foram suspensas na área, com a excepcão de actividades urgentes como emergências médicas e o fornecimento de água potável.

Operações Humanitárias

O sub-Secretário-Geral da ONU para Assuntos Humanitários, John Holmes, apelou ao governo do Chade para trabalhar de forma mais estreita com as agências de auxílio afim de melhorar as condições de segurança indispensáveis ao reinício das operações humanitárias.

Holmes também pediu às partes beligerantes para não afectarem a continuação de actividades humanitárias.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud