FMI prevê contração da economia global em 2009

FMI prevê contração da economia global em 2009

O Fundo Monetário Internacional diz que deterioração deve-se à continuada crise financeira e menor confiança dos produtores e consumidores.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Fundo Monetário Internacional, FMI, projectou hoje um crescimento da economia global de apenas 2,2% em 2009, o que representa uma redução de quase um por cento em relação a projecções feitas em Outubro.

Segundo o FMI esta deterioração nas perspectivas de crescimento económico para 2009 ficam a dever-se à continuada crise no sector financeira e a uma nova queda nos níveis de confiança dos produtores e consumidores.

Contração Económica

As economias dos países mais desenvolvidos vão registar uma contração anual em 2009, pela primeira vez desde o fim da segunda guerra mundial.

O FMI destaca, contudo, que estas projecções estão baseadas em políticas actuais. Uma acção global para apoiar os mercados financeiros e reforçar ainda mais o estímulo fiscal poderia ajudar a limitar o declínio no crescimento mundial, diz o Fundo Monetário Internacional.

Em África, o crescimento económico para 2009 deverá ser de 4, 7%, também menor do que previsto.