OMS apoia proibição de fumo na sede da ONU

6 novembro 2008

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou esta semana uma resolução que impõe uma proibição total de fumar e vender cigarros no prédio da ONU en Nova Iorque.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Organização Mundial da Saúde, OMS, elogiou hoje a Assembleia Geral das Nações Unidas por liderar uma campanha para proibir o fumo e a venda de cigarros nas instalações da ONU em Nova Iorque.

A Assembleia Geral da ONU merece as nossas felicitações por proteger a saúde dos delegados, funcionários e visitantes, disse a directora-geral da OMS, Margaret Chan. Ela elogiou também os estados membros por terem dado “um exemplo tremendo”.

Proibição Total

A Assembleia Geral aprovou esta semana uma resolução que impõe uma proibição total de furmar e vender cigarros no prédio da ONU em Nova Iorque. A resolução recomenda também a mesma medida para outros prédios das Nações Unidas no mundo.

No seu comunicado, a directora-geral da OMS disse que o Uruguai merecia uma menção particular por ter patrocinado e assegurado a aprovação da resolução.

Cancro do Pulmão

O Uruguai foi o primeiro país das Américas a adoptar uma política de proibição de fumar em recintos fechados.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o tabaco mata 5,4 milhões de pessoas por ano, principalmente através do cancro do pulmão e doenças cardio-vasculares.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud