Finanças das Nações Unidas estão frágeis, diz Ban (Português para o Brasil)

7 novembro 2008

Secretário-Geral das Nações Unidas (foto) afirmou que o atraso nas contribuições por parte de alguns países-membros pode refletir nos trabalhos das missões de paz.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, lançou, nesta quinta-feira, em Nova York, um apelo para que todos os países-membros da ONU cumpram com suas obrigações financeiras junto à organização.

Ban afirmou que a posição financeira das Nações Unidas é frágil, devido ao atraso nas contribuições por parte de alguns países-membros. E que isso pode refletir nos trabalhos das missões de paz.

Contribuições

Os países-membros contribuem com cotas definidas por fatores como renda per capita para o orçamento bianual da ONU, estimado em US$ 4,2 bilhões, o equivalente a mais de R$ 9 bilhões.

Além disso, os países também são responsáveis pelos custos das missões de paz, dos tribunais internacionais e da reforma da sede das Nações Unidas, em Nova York, com um custo estimado em US$ 1,9 bilhão.

O Secretário-Geral agradeceu aos 31 países, incluindo o Brasil, que já cumpriram com todos os compromissos financeiros em relação à ONU.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud