OMS realiza Congresso sobre Medicina Tradicional
BR

10 novembro 2008

O encontro teve como objetivo analisar a inclusão de práticas da medicina tradicional nos programas de saúde dos países-membros da ONU.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, encerrou, neste domingo, em Pequim, na China, o Congresso sobre Medicina Tradicional.

O encontro teve como objetivo analisar a inclusão de práticas da medicina tradicional nos programas de saúde dos países-membros da ONU.

Recurso de Saúde

O evento faz parte das comemorações dos 60 anos da OMS e o 30º aniversário da Declaração Alma-Ata. O documento tinha como objetivo promover saúde para todos até 2000.

Depois da adoção da Alma-Ata, o Programa de Medicina Tradicional da OMS foi estabelecido.

A agência destacou que o uso da medicina tradicional cresceu significativamente a partir da década de 90, principalmente nos países em desenvolvimento.

De acordo com a OMS, mais de 70% das populações da Índia e Etiópia fazem uso da medicina tradicional como primeiro recurso de saúde.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud