Fundo Global libera US$ 2,7 bilhões para saúde BR

Fundo Global libera US$ 2,7 bilhões para saúde

Direção do Fundo Global para o combate ao HIV/Aids, tuberculose e malária aprovou 94 novos empréstimos.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

O Fundo Global para o Combate ao HIV/Aids, Tuberculose e Malária anunciou a aprovação de 94 novos empréstimos no valor de US$ 2,7 bilhões, cerca de R$ 6 bilhões, por um período de dois anos.

Esta é a oitava vez que o Fundo Global aprova novas propostas para combate à estas doenças. O montante também é o mais alto na história da organização, representando quase o dobro de recursos anunciados em anos anteriores.

140 Países

O total de empréstimos do Fundo Global ultrapassa US$ 14 bilhões, mais de R$ 30 bilhões, em 140 países.

O presidente do Fundo Global, Rajat Gupta, disse que os novos recursos vão ajudar o mundo a cumprir objetivos como o acesso universal à prevenção e tratamento do HIV/ Aids e a redução para metade do número de mortos por malária e tuberculose até o ano 2015.

Parceria

A maior parte dos novos empréstimos, cerca de 51 por cento, destinam-se a progamas de luta contra a malária. Propostas na área de HIV/Aids representam 38%.

90% dos projetos beneficiam países em desenvolvimento, particularmente na África e no Oriente Médio.