Mulheres e eleições na Guiné-Bissau

Mulheres e eleições na Guiné-Bissau

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As mulheres na Guiné-Bissau querem desempenhar um papel mais activo na vida política e pública do país.

Na perspectiva das próximas eleições legislativas do dia 16 de Novembro, diversas organizações de mulheres da sociedade civil e algumas redes de mulheres parlamentares criaram a “Plataforma Política das Mulheres”, com um duplo objectivo: elevar e melhorar a participação das mulheres na campanha eleitoral e influenciar os partidos políticos a incluirem questões femininas nos seus programas eleitorais.

Consolidação da Paz

A iniciativa é apoiada pelo sistema da ONU no país, nomeadamente o Escritório das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau, Onugbis, o Fundo da Onu para a População, Unfpa e o Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud.

Numa entrevista à Rádio ONU, Sara Magrão, oficial de género da Onugbis, falou do impacto da Plataforma Política das Mulheres guineenses na actual campanha para as legislativas de 16 de Novembro.

Oiça na íntegra a entrevista concedida a Carlos Araújo, da Rádio ONU, em Nova Iorque.