Música e saneamento

19 novembro 2008

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Feliciano dos Santos (foto), um dos mais destacados músicos da África Austral, descobriu desde o fim da guerra civil em Moçambique, há mais de 15 anos, que a música podia ser usada para mudar comportamentos sociais.

Desde então, ele e o seu conjunto Massukos juntaram canções sobre saneamento básico, HIV/Sida e água potável ao reportório tradicional do grupo.

O objectivo é simples: levar as pessoas, particularmente nas zonas rurais, a mudarem de comportamento no seu dia-a-dia.

As canções do grupo falam de latrinas, da importância de lavar as mãos de ferver a água, de praticar sexo seguro etc.

Feliciano dos Santos dirige também uma ONG, Estamos, que está envolvida nas áreas de água potável e saneamento básico.

Ele falou à Rádio ONU sobre o poder da música na mudança de comportamentos. Oiça o programa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud