ONU apela à aceitação dos resultados eleitorais na Guiné-Bissau (Português para África)

ONU apela à aceitação dos resultados eleitorais na Guiné-Bissau (Português para África)

Num comunicado de imprensa, o Conselho de Segurança pediu à comunidade internacional para continuar a apoiar o país.~~

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança da ONU apelou aos partidos políticos na Guiné-Bissau para aceitarem os resultados das eleições legislativas de 16 de Novembro e resolverem quaisquer disputas de forma pacífica.

O apelo do órgão máximo das Nações Unidas antecedeu a divulgação dos resultados do escrutínio, pela Comissão Nacional Eleitoral, que deram a vitória ao Paigc.

Engajamento e Mobilização

Segundo aquela comissão, o Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde, conquistou 67 lugares no novo parlamento. O segundo partido mais votado foi o Partido da Renovação Social, PRS, que alcançou 28 assentos.

Num comunicado lido à imprensa em Nova Iorque, o presidente do Conselho de Segurança para o mês de Novembro, Jorge Urbina, da Costa Rica, congratulou o povo e governo da Guiné-Bissau pelo engajamento e mobilização demonstradas na ocasião.

Comunidade Internacional

Segundo Urbina, o órgão máximo das Nações Unidas encorajou ainda a comunidade internacional a continuar a apoiar a Guiné-Bissau.

O conselho manifestou também a sua apreciação pelos esforços dedicados da Comissão Nacional Eleitoral na realização do escrutínio e a contribuição do Escritório da ONU para a Consolidação da Paz no país, Onugbis, parceiros bilaterias e multilaterais.