Projetos brasileiros concorrem a prêmio de inovação social BR

Projetos brasileiros concorrem a prêmio de inovação social

Concurso realizado pela Comissão Econômica e Social para América Latina e Caribe, Cepal, e a Fundação W.K. Kellogg, identifica programas de desenvolvimento social para difundi-los e contribuir na melhoria de práticas e políticas.

Samantha Barthelemy, da Rádio ONU em Nova York.*

A Comissão Econômica e Social para América Latina e Caribe, Cepal, realiza, nesta quinta-feira, a fase final do concurso “Experiências em Inovação Social”, na cidade de Medellín, na Colômbia.

O evento é realizado com o apoio da Fundação W.K. Kellogg.

Responsabilidade Social

Entre as 12 iniciativas finalistas estão três projetos brasileiros abordando temas relacionados aos jovens, indígenas e responsabilidade social empresarial.

Umas das criadoras do projeto finalista “Acessórios em Couro, Uma Nova História”, que transforma retalhos de couro em acessórios para crianças, Nivia Mulling, falou à Rádio ONU, sobre a proposta do projeto.

“Nós estamos trazendo um novo conceito de auto-sustentabilidade e responsabilidade social. Porque o que é de fato responsabilidade social? É levar a diante um negócio rentável, levando em consideração os efeitos sociais e ambientais que isto vai provocar. Então, os beneficiados são os integrantes do projeto, a fábrica se beneficia também porque está desfrutando no marketing social. E todo o meio ambiente e toda a comunidade estão sendo beneficiados, principalmente porque estes resíduos não estão mais contaminando o solo,” disse.

O programa “Experiências em Inovação Social” foi criado em 2004 com o objetivo de identificar programas de desenvolvimento social e contribuir na melhoria de práticas e políticas.

O projeto vencedor do ciclo 2007-2008 reberá um prêmio de US$ 30 mil, o equivalente a cerca de R$ 70 mil.

Apresentação*: Mônica Villela Grayley e Reportagem de Laura Kwiatkowski, da Rádio ONU em Nova York.