Moçambique reforça protecção de crianças

28 novembro 2008

Governo diz que criou mecanismos de combate à exploração sexual de menores face ao crescimento do turismo no país, diz directora-adjunta da acção social.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova York.*

A realização do 3º Congresso Mundial Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, organizada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, no Rio de Janeiro, serviu para o governo de Moçambique dar a conhecer as medidas que está a desenvolver para a protecção dos seus menores dos riscos de exploração para fins sexuais.

Uma das áreas de intervenção do governo é a prevenção dos abusos sexuais relacionados com a indústria do turismo.

Prevenção

Em declarações à Radio ONU, a partir do Rio de Janeiro, a directora nacional adjunta da acção social, Francisca Sales, explicou que o governo está atento à exploração de menores para fins sexuais.

“Esta questão está a ser debatida de modo a identificar formas e como as acções de prevenção de exploração sexual no âmbito do turismo estão a ser realizadas. O país já está sensibilizado e o governo está a tomar as medidas necessárias para prevenir”, disse.

Francisca Sales disse que a pobreza não justifica, por si, a exploração sexual dos menores, sendo apenas um factor entre vários.

Apesar de dizer que não são conhecidos os contornos reais do fenómeno da exploração sexual infantil no país, a directora nacional adjunta da acção social moçambicana lembrou que o governo aprovou recentemente novas leis, uma sobre prevenção e protecção de crianças e outra sobre a prevenção e combate ao tráfico de seres humanos.

O 3º Congresso Mundial Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes terminou na sexta-feira, no Rio de Janeiro.

Para mais notícias aceda ao nosso site: http://radio.un.org/por

*Com reportagem de Carlos Araújo, enviado especial da Rádio ONU ao Rio de Janeiro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud