Nações Unidas debatem consolidação da paz na Guiné-Bissau (Português para África)

1 outubro 2008

Grupo de trabalho, liderado pelo Brasil, discute eleições de Novembro, reforma do Judiciário e de outras instituições.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York*.

Os países-membros da Comissão de Consolidação da Paz reúnem-se esta quarta-feira, em Nova York, para discutir a situação da reconstrução na Guiné-Bissau.

Os debates estão a ser presididos pelo Brasil sob a liderança da embaixadora brasileira na ONU, Maria Luiza Ribeiro Viotti.

Continuidade

Entre os temas a serem analisados, na situação de pós-conflito da Guiné, estão a reforma do sistema judiciário e a reconstrução de várias instituições do Estado, além da promoção de empregos para jovens guineenses.

O presidente da Guiné-Bissau, João Bernardo Nino Vieira, falou à Rádio ONU, em Nova York, sobre o trabalho da comissão e pediu continuidade.

“Ainda há várias dificuldades que é preciso implementar para levar a cabo esta ideia. O processo está bastante avançado, só pedimos que o programa continue para que possamos resolver todos os problemas que ainda existem”, disse.

Meios

Nino Vieira falou ainda sobre um outro ponto de debate da Comissão, as eleições de 16 de Novembro.

“O processo está bastante avançado. Ainda há alguns problemas financeiros a resolver para pagar algumas dívida e imprimir alguns documentos. A União Europeia e as Nações Unidas já disponibilizaram fundos para fazer cobertura à falta a esses meios. A Guiné-Bissau também vai ajudar com alguma coisa para garantir a realização das eleições marcadas para 16 de Novembro”, afirmou.

A Comissão de Consolidação da Paz foi criada pela ONU para ajudar países que saem de situações de conflitos a reerguerem-se com apoio internacional.

Entre os países que já se beneficiaram do programa estão o Burundi e a Serra Leoa.

Apresentação*: Cátia Marinheiro, Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud