FAO e UE assinam acordo para proteger Amazónia

FAO e UE assinam acordo para proteger Amazónia

Iniciativa com Ministério brasileiro do Meio Ambiente tenta evitar desmatamentos ao redor de uma estrada que une o norte e o centro do Brasil.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York*.

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, e a União Europeia assinam nesta quinta-feira um acordo com o governo brasileiro para proteger a Floresta Amazónica.

O projecto “Manejo Florestal, Apoio à Produção Sustentável e Fortalecimento da Sociedade Civil na Amazónia Brasileira” deve ajudar a prevenir desmatamentos e outras formas de destruição à volta de uma estrada que liga o centro ao norte do Brasil.

Sociedade Civil

A União Europeia e a FAO vão custear a parte técnica com um montante de quase € 6 milhões.

A iniciativa inclui ainda o apoio a programas de produção sustentável na Amazónia além do fortalecimento da sociedade civil.

A pavimentação da estrada faz parte de um projecto de desenvolvimento do governo brasileiro com acções de infra-estrutura e fomento a actividades de inclusão social e de cidadania.

A cerimónia de assinatura do acordo ocorre na manhã desta quinta-feira em Brasília com representantes da FAO e da União Europeia e do ministro do Meio Ambiente do Brasil, Carlos Minc.

Apresentação*: Cátia Marinheiro, Rádio ONU em Nova York.