Helicópteros de combate na RD Congo
BR

3 outubro 2008

Operação é feita após rebeldes contra o governo terem alvejado aviões de reconhecimento das Nações Unidas.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

A Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monuc, confirmou o envio de helicópteros de guerra ao leste do país.

A medida é uma resposta a um ataque de rebeldes a aviões de reconhecimento da ONU.

Autoridade

Segundo a Monuc, integrantes da Frente de Resistência Patriótica, Frpi, na província de Ituri teriam alvejado as aeronaves das Nações Unidas.

A operação ocorre menos de duas semanas após tropas de paz da Monuc terem enviado helicópteros de combate para apoiar um operação do governo contra um outro grupo rebelde na província de Kivu Norte, no sul do país.

Numa nota, a Monuc afirmou que está intervindo com todos os meios disponíveis para proteger os civis, que estão sob risco. Além disso, a missão afirma estar cooperando com as forças armadas congolesas para restabelecer a autoridade do Estado em toda a província de Ituri.

Mandato

Durante os ataques desta segunda-feira contra o Exército congolês, rebeldes da Frpi capturaram dois campos em suas tentativas de controlar o vilarejo de Aveba, mas eles foram contidos pelas tropas da ONU.

Em 19 de setembro, os helicópteros da ONU abriram fogo contra um outro grupo rebelde, Congresso Nacional em Defesa do Povo em Kivu Norte. O grupo foi obrigado a recuar após tentar obter o controle de uma cidade a apenas 60km de Goma.

Organizações de assistência humanitária e direitos humanos relataram um aumento do recrutamento de crianças-soldado por grupos armados em Kivu Norte.

Após o ressurgimento dos confrontos entre rebeldes e tropas congolesas, o governo da República Democrática do Congo pediu que as tropas da ONU recebam um mandato claro e os recursos para impor a paz pelo uso da força, caso necessário.

Apresentação*: Eduardo Costa, Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud