Crise global levará à desaceleração, segundo FMI (Português para o Brasil)

8 outubro 2008

Fundo Monetário Internacional diz que economia deverá obter recuperação modesta somente no segundo semestre de 2009.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O relatório mensal do Fundo Monetário Internacional, FMI, divulgado nesta quarta-feira, revela que a economia mundial sofrerá uma desaceleração por causa da crise financeira atual.

Segundo o documento, publicado em Washington, a economia deverá começar a se recuperar, de forma modesta, somente no segundo semestre do próximo ano.

Inflação

O FMI afirma que não haverá crescimento nas economias consideradas avançadas até pelo menos junho de 2009.

O relatório reviu para baixo a previsão do crescimento mundial. Em vez dos 3,9% estimados em julho, a taxa deve ser de apenas 3%.

De acordo com o FMI, o Brasil deverá crescer 3,5% em 2009 e o México 1,8%.

Segundo as novas previsões, as taxas de inflação permanecerão altas em mercados emergentes por causa da disparada no preço dos alimentos e dos combustíveis.

O relatório do FMI revela que os preços das mercadorias estão nos patamares mais altos dos últimos 20 anos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud