Mundo perde uma língua a cada 14 dias, diz Unesco BR

Mundo perde uma língua a cada 14 dias, diz Unesco

Tema é um dos tópicos de reunião anual da agência, que termina nesta sexta-feira, em Paris.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, afirmou que metade das 6,7 mil línguas faladas no mundo corre o risco de desaparecer.

O alerta foi feito durante a sessão anual do Conselho Executivo da agência, que ocorre em Paris, na França.

Leia o boletim de Cadija Tissiani, da Rádio ONU em Paris.

“De acordo com a Unesco, o mundo perde um idioma a cada duas semanas. Segundo analistas, em muitos casos, as línguas morrem por falta de falantes, e em outros, elas podem desaparecer por ausência de tradição escrita.

Povos Indígenas

Os casos mais graves estão no continente africano, onde 80% das línguas ainda não foram transcritos.

A Unesco também chamou a atenção para o futuro de idiomas falados por povos indígenas, e a contribuição das línguas na educação universal e no desenvolvimento sustentável.

Uma das propostas da agência da ONU para enfrentar o desaparecimento das línguas é fortalecer comunidades locais e nacionais com ações de participação e documentação. Além da promoção do multilingüismo.”

A Assembléia Geral da ONU proclamou 2008 como o Ano Internacional dos Idiomas.

Apresentação*: Eduardo Costa, Rádio ONU em Nova York.