Aumentam casos de investigações antidumping (Português para o Brasil)

21 outubro 2008

Entre janeiro e junho deste ano, 16 países-membros da Organização Mundial do Comércio iniciaram 85 novas investigações antidumping, 24 a mais que no mesmo período em 2007.

Samantha Barthelemy, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial do Comércio, OMC, informou, nesta terça-feira, que desde o início deste ano houve um aumento significativo no número de investigações antidumping.

Segundo a agência, entre janeiro e junho, cresceu também a implementação de novas medidas de proteção para indústrias em diversos países.

Abaixo do Custo

O dumping ocorre quando um fabricante exporta o seu produto num preço mais baixo do que o cobrado pelo seu mercado ou abaixo do custo de produção da mercadoria.

De acordo com a OMC, entre janeiro e junho deste ano, 16 países-membros iniciaram 85 novas investigações antidumping, 24 a mais do que o mesmo período em 2007.

Segundo a agência, a Turquia foi o campeão de investigações, seguida dos Estados Unidos, da Índia, da Argentina, de países europeus e do Brasil.

Quase metade das investigações foram direcionadas a exportações provenientes da China.

A grande maioria dos processos era relacionada a produtos no setor de metal de base, seguido pelos setores têxtil e químico.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud