ONU elogia acordo sobre Constituição na Bolívia (Português para o Brasil)

22 outubro 2008

Secretário-Geral (foto) disse que resolução pacífica das diferenças, entre governo e oposição, serve de base para futuro próspero do país.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

As Nações Unidas parabenizaram o governo do presidente da Bolívia, Evo Morales, e os líderes da oposição por viabilizar o processo de reforma da nova Constituição do país.

Numa nota, Ban elogiou o acordo, aprovado nesta terça-feira, no Congresso Nacional da Bolívia.

Fronteira

Segundo ele, o compromisso, assumido por oposição e governo, de produzir uma resolução pacífica representa um grande passo e põe fim a vários meses de tensão e divisão no país.

Para Ban, o acordo também serve de base para uma cooperação inclusiva e democrática além de possibilitar um futuro próspero para a Bolívia.

O Secretário-Geral encerrou a nota afirmando que as Nações Unidas consideram um privilégio ter atuado como observadora e facilitadora do processo, ao lado de outros órgãos internacionais como a Organização dos Estados Americanos, OEA, e da União Européia.

Em setembro, confrontos entre simpatizantes do governo e a oposição, por causa do referendo por uma nova Constituição, causaram pelo menos 30 mortes na região de Pando, no norte da Bolívia.

De acordo com o Alto Comissarido das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, a onda de violência levou pelo menos 600 bolivianos a cruzar a fronteira com o Acre, em busca de abrigo nas cidades de Brasiléia e Epitacolândia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud