Luta contra a malária é destaque em Dia da ONU

24 outubro 2008

Secretário-Geral afirma que cooperação mundial leva a sucessos como o combate à doença; mensagem marca os 63 anos da organização neste 24 de outubro.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que as parcerias globais são o caminho para o futuro da organização.

Ban fez a declaração numa mensagem, divulgada esta sexta-feira, para comemorar os 63 anos da fundação das Nações Unidas.

Desafios

O Secretário-Geral da ONU afirmou que o Plano de Ação Global contra a Malária registou avanços na luta para vencer a doença que mata uma criança a cada 30 segundos.

Para Ban, o exemplo deve ser seguido em outras iniciativas internacionais como o combate ao aquecimento global.

Dia da ONU em África

Em África, o dia das Nações Unidas também está a ser celebrado. Para comemorar a data, alguns embaixadores de países africanos nas Nações Unidas fizeram mensagens alusivas à data.

Leia a mensagem do embaixador de Cabo Verde, António Lima.

“Para Cabo Verde representa qualquer coisa de extraordinário, porque as Nações Unidas foram de um apoio indesmentível para a causa da libertação nacional. Neste momento nós precisamos de umas Nações Unidas mais democrática, umas Nações Unidas que tenham em conta mais e cada vez mais os mais pequenos, mais vulneráveis países como as ilhas e então a democratização do sistema da governação internacional passa também pela reforma do sistema das Nações Unidas.”

Leia a mensagem de Moçambique, do embaixador Filipe Chidumo.

“Mais do que nenhuma outra organização, as Nações Unidas joga um papel importante na consolidação da paz e segurança internacionais, na promoção do desenvolvimento económico e social dos nossos países, na preservação do meio ambiente para gerações vindouras. E noutras áreas importantes para todos nós, áreas essas que são igualmente a prioridade do governo da república de Moçambique. ”

Leia a mensagem do embaixador de Angola, Ismael Gaspar.

"Eu gostaria de deixar uma mensagem de confiança vamos chamar, nas Nações Unidas. Uma organização que provou ser aquele instrumento que nós precisávamos para termos um mundo com mais paz e sobretudo um mundo que mais prepara o progresso e o bem estar dos homens. As Nações Unidas precisa naturalmente de estar a altura deste desafio e as reformas que ela tem vindo a fazer, penso que são a resposta séria para criar justamente a Organização que nós precisamos para o século 21".

O Secretário-Geral lembrou ainda o impacto da crise financeira sobre os Objectivos de Desenvolvimento do Milênio, uma agenda para eliminar ou erradicar males sociais até 2015.

Apresentação*:Yara Costa, da Rádio ONU em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud