Unesco publica primeiro mapa de aqüíferos subterrâneos
BR

28 outubro 2008

O inventário inclui 273 aqüíferos transfronteiriços compartilhados por pelo menos dois países; 155 são localizados na Europa, 68 nas Américas, 38 na África, e 12 na Ásia.

Samantha Barthelemy, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, anunciou, na última semana, que lançará o primeiro mapa de aqüíferos subterrâneos transfronteiriços.

Segundo a agência, quase 96% das reservas de água doce mundiais estão em aqüíferos subterrâneos, e a maioria deles atravessam o subsolo de vários países.

Água Doce

O estudo da Unesco revela o delineamento de aqüíferos compartilhados por pelo menos dois países, e avalia a qualidade das águas disponíveis e os níveis de renovação.

O inventário já inclui 273 aqüíferos transfronteiriços, 155 são localizados na Europa, 68 nas Américas, 38 na África, e 12 na Ásia.

De acordo com a agência, o volume de água doce nestes aqüíferos é 100 vezes superior ao existente na superfície da terra. E 65% desta água são utilizados para irrigação, 25% para o consumo humano e 10% para a indústria.

A Unesco afirma que apesar de haver reservas subterrâneas de água doce em todos os continentes, nem todas são renováveis. E muitas são ameaçadas pela superexploração e altos níveis de poluição.

Nesta segunda-feira, a Assembléia Geral das Nações Unidas discutiu um texto preparatório que servirá de base para a futura Convenção sobre Aqüíferos Transfronteiriços.

Apresentação*: Marco Alfaro, Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud