ONU pede mais ajuda para reconstrução do Haiti
BR

28 outubro 2008

Subsecretário-geral da ONU de Assistência Humanitária, John Holmes, revela que a comunidade internacional contribuiu com apenas 40% do apelo de ajuda ao Haiti.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

O subsecretário-geral da ONU de Assistência Humanitária, John Holmes, declarou, nesta segunda-feira, em Nova York, que são necessárias ações de emergência para responder a situação no Haiti.

Segundo Holmes, a comunidade internacional contribuiu para apenas 40% do apelo de US$ 107 milhões, o equivalente a mais de R$ 230 milhões, de ajuda ao país.

Gonaïves

Entre agosto e setembro, a ilha caribenha foi atingida por quatro tempestades tropicais, que mataram mais de 800 pessoas e afetaram mais de um milhão de haitianos.

Segundo Holmes, será necessário mais financiamento para ajudar o Haiti, o país mais pobre do hemisfério oeste, na transição para a reconstrução e o desenvolvimento.

O subsecretário-geral disse ainda que a situação em Gonaïves, a cidade mais afetada pelas tempestades, é dramática. Cerca de 30 mil pessoas permanecem em abrigos públicos e as que retornaram à casa são obrigadas a dormir em pátios e telhados.

Holmes informou que o Fundo de Resposta à Emergências da ONU deve contribuir com mais US$ 6,7 milhões, o equivalente a R$ 14,5 milhões, em recursos para o Haiti, elevando o total de ajuda do fundo para US$ 10 milhões.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud