ONU lança apelo para combater cólera na Guiné-Bissau

28 outubro 2008

Segundo OMS mais de 12 mil pessoas já foram afectadas pela epidemia, com cerca de 140 novos casos por dia.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, e o Fundo das Nações Unidas para Infância, Unicef, apelaram a uma ajuda de 1, 6 milhões de dólares para responder à epidemia de cólera na Guiné-Bissau.

Segundo uma porta-voz da OMS em Genebra, mais de 12 mil pessoas foram afectadas pela doença desde o início do surto, com cerca de 140 novos casos por dia.

Mobilização Social

O apelo das duas agências das Nações Unidas visa apoiar a resposta nacional à crise.

O objectivo é travar a epidemia através de uma campanha intensiva de informação, educação sanitária e actividades de mobilização social.

Três Meses

Todas as regiões da Guiné-Bissau foram afectadas pela epidemia. E apesar de esforços do sistema da ONU e seus parceiros, o surto ainda não foi controlado por várias razões, incluindo a ausência de infraestrutura de água e saneamento.

A Organização Mundial da Saúde acredita que a actual epidemia de cólera poderá durar pelo menos mais três meses.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud