Desemprego entre jovens cai na América Latina (Português para o Brasil)

29 outubro 2008

Documento "Juventude e Coesão Social na Ibero-América: Construindo um modelo" publicado pela Cepal revela que a juventude lidera o domínio de novas tecnologias.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

A Comissão Econômica para América Latina e Caribe, Cepal, em parceria com a Organização Ibero-Americana da Juventude, OIJ, divulgou, em El Salvador, nesta terça-feira, um relatório sobre as condições sociais dos jovens na América Latina e Caribe.

O documento "Juventude e Coesão Social na Ibero-América: Construindo um modelo" revela que o desemprego entre os jovens diminuiu na última década e a juventude lidera no domínio de novas tecnologias.

De acordo com o estudo a maioria dos jovens na região desconfia de suas instituições políticas, se sente discriminado por serem pobres e acreditam que a educação não tem ajudado na melhoria das condições sociais.

O documento afirma ainda que 35% dos jovens latino-americanos e caribenhos são pobres e outros 11,4% estão em situação de indigência.

Segundo o estudo da agência da ONU, os jovens de origem indígena, afro-descendentes e os que vivem em áreas rurais têm menores chances de concluirem o ensino secudário.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud