Atentado contra prédio da ONU na Somália BR

Atentado contra prédio da ONU na Somália

Ataques simultâneos, mataram pelo menos 15 pessoas e fizeram dezenas de feridos.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU confirmou, nesta quarta-feira, a explosão de um carro-bomba no edifício do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, na cidade de Hargeisa, na Somalilândia, uma região separatista da Somália.

Um comunicado emitido em Nairobi, no Quênia, pelo Coordenador Residente Humanitário da ONU para a Somália, afirma que o ataque aconteceu às dez horas, horário local, causando várias mortes e que a retirada dos feridos está em andamento.

Atentados Simultâneos

As Nações Unidas receberam informações sobre outras explosões na área de Hargeisa assim como na Puntland, uma região semi-autónoma no nordeste da Somália.

Esta onda de atentados simultâneos, mataram pelo menos 15 pessoas e fizeram dezenas de feridos.

Além do edifício do Pnud, em Hargeisa, os ataques suicídas visaram o palácio presidencial da Somália e a embaixada da Etiópia.

A Somália não tem um governo nacional desde a queda do presidente Siad Barre em 1991.