Refugiados palestinos enfrentam enchentes (Português para o Brasil)

31 outubro 2008

A eletricidade foi cortada no acampamento de Al Tanf, na fronteira entre o Iraque e a Síria; em Al Waleed, mais de 100 famílias ficaram desabrigadas por causa das chuvas.

Samantha Barthelemy, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, informou, nesta quinta-feira, que está ajudando centenas de refugiados palestinos abrigados nos acampamentos de Al Waleed e Al Tanf, na fronteira entre o Iraque e a Síria.

Segundo o Acnur, a situação é alarmante devido a enchentes causadas por tempestades nesta terça-feira.

Apelo de Emergência

No acampamento de Al Tanf, as tendas foram inundadas e a eletricidade cortada. Em Al Waleed, mais de 100 famílias ficaram desabrigadas por causa das chuvas.

Nesta quarta-feira o Acnur enviou tendas, folhas de plástico, cobertores e colchões para Al Tanf. As famílias mais afetadas e as pessoas mais idosas foram levadas para um outro acampamento.

Segundo a agência, dos 34 mil palestinos que viviam no Iraque em 2003, menos da metade permanece no país. A maioria fugiu de Bagdá, por causa de ameaças e violência.

Ainda nesta quinta-feira, o Acnur reiterou o apelo de emergência à comunidade internacional, pedindo o reassentamento dos refugiados palestinos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud