OMS empenhada no combate à meningite (Português para África)

OMS empenhada no combate à meningite (Português para África)

Ministros africanos comprometeram-se com a Organização Mundial da Saúde, OMS, para adquirirem novas vacinas contra a doença.

Patrícia Fonseca, Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, afirma que a nova vacina contra a meningite é o resultado prático de um esforço para ajudar África Subsaariana na luta contra a doença.

Segundo a OMS, a nova vacina vai custar aos governos da região, atingidos pela meningite, 40 centavos de dólar.

Compromisso

O acordo saiu do encontro da Comissão Regional da Organização Mundial de Saúde para África e que termina hoje em Iaundé, capital dos Camarões.

As imposições do documento passam pela implementação de planos de controlo da meningite, melhoria das informações sobre a resposta à epidemia e garantia de contribuições financeiras para estas actividades.

O plano de vacinação vai ser implementado entre 2009 e 2015 e abranger um universo de 25 países, a começar por Burkina Faso.

Isto representa cerca de 250 milhões de pessoas entre os 1 e os 29 anos e mais 23 milhões de crianças africanas.

De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, uma das organizações envolvidas neste processo, são as crianças as maiores vítimas desta epidemia.

A nova vacina conta com as sinergias da Gavi Alliance, OMS, Unicef e Banco Mundial.

Depois do seu licenciamento, e depois da sua implementação na África, o projecto vai ser alargado à Índia.