Nações Unidas condenam ataque suicida no Afeganistão

Nações Unidas condenam ataque suicida no Afeganistão

Três mortos e vários feridos em atentado contra uma coluna de veículos.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas condenaram o ataque bombista suicida ocorrido numa localidade do sudeste afegão.

O porta-voz do Secretário-Geral da ONU classificou o ataque como um acto cobarde e inaceitável.

Ataque

O alvo do ataque foi uma coluna de veículos da ONU que participavam num programa de erradicação da pólio.

O incidente ocorreu às 9:40h da manhã na localidade de Spin Boldak, na província de Kandahar, próximo à fronteira com o Paquistão.

O ataque provocou a morte de três funcionários da ONU que seguiam na coluna de veículos; um condutor e dois médicos, todos eles de nacionalidade afegã.

Inocentes

O representante especial do Secretário-Geral para o Afeganistão e chefe da Missão da ONU no país, Kai Eide, emitiu um comunicado no qual afirma que se tratou de um ataque contra civis inocentes que trabalhavam para o povo afegão.

No Sábado o governador da província de Logar foi morto no decurso de um ataque suicida próximo da capital, Cabul.