ONU elogia acordo no Zimbabué

ONU elogia acordo no Zimbabué

Segundo agências de notícias, Robert Mugabe (foto) mantém a presidência e Morgan Tsvangirai assumirá o cargo de primeiro-ministro.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral assistente para Assuntos Políticos, Haile Menkerios, esteve presente esta segunda-feira na cerimónia de assinatura de um acordo de partilha de poder entre o presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, e o líder da oposição, Morgan Tsvangirai.

Segundo agências de notícias, Robert Mugabe mantém a presidência e Morgan Tsvangirai assumirá o cargo de primeiro-ministro.

Medidas

A cerimónia teve lugar na capital, Harare. Para além de Menkerios, o evento contou com a presença de altos dignitários, entre eles o presidente sul-africano Thabo Mbeki,que dirigiu os esforços de mediação.

Segundo Menkerios, o papel do Secretário-Geral da ONU e o apoio ao processo de mediação através da presença da ONU no grupo de referência foi reconhecido pelos partidos e pelo presidente sul-africano, Thabo Mbeki.

Na mensagem, Menkerios sublinhou a importância de trabalhar em conjunto a fim de implementar os acordos.

Divisão

Num comunicado, o director-executivo do Fundo Monetário Internacional, Dominique Strauss Kahn, afirma que o acordo abre caminho à adopção de medidas para combater a crise económica.

Strauss Khan encorajou o governo a adoptar medidas que mostrem empenho numa nova direcção política procurando o apoio da comunidade internacional.

O impasse político no Zimbabué agravou-se após a vitória de Robert Mugabe nas eleições presidenciais que tiveram lugar apesar do candidato da oposição, Morgan Tsvangirai se ter retirado alegando graves irregularidades.