Fórum debate longevidade e qualidade de vida
BR

16 setembro 2008

Evento da Unesco, em Paris, analisa meios para desacelerar envelhecimento e frear a evolução de doenças próprias da terceira idade.

Cadija Tissiani, da Rádio ONU em Paris.*

O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, Koïchiro Matsura, inaugura, nesta terça-feira, em Paris, um fórum sobre longevidade e qualidade de vida.

O evento, “Os Últimos Avanços para se Manter Jovem”, reúne especialistas de todo o mundo para explicar os mais recentes progressos da medicina na genética.

Retina Artificial

Pela primeira vez, técnicas médicas revolucionárias, como o processo de implantação cirúrgica de uma retina artificial, que permite ao paciente recuperar a visão parcialmente, serão levadas ao conhecimento público.

O fórum também será transmitido em tempo real pela internet.

Participam do encontro, o Prêmio Nobel da Medicina, Christian de Duve, e os geneticistas Alex Kahn e Patrick Aebischer, especializados em doenças neurológicas. A ministra da Saúde da França, Roselyne Bachelot, fará o discurso de encerramento do Fórum.

Em todo mundo, cerca de 600 milhões de pessoas se encontram acima dos 60 anos. Segundo a Unesco, a expectativa é de que o número aumente para 2 bilhões até 2050.

O fórum é o 5º de uma série de encontros organizados pela Unesco sobre o tema. O evento existe desde 2003.

Apresentação*: Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud