ONU abriga Cimeira sobre África (Português para África)

ONU abriga Cimeira sobre África (Português para África)

Reunião de alto nível começa esta segunda-feira na sede em Nova Iorque; Cerca de 40% dos africanos vivem na pobreza extrema.

Cátia Marinheiro, Rádio ONU em Nova York.

A Assembleia Geral da ONU abriga, esta segunda-feira, uma reunião de alto nível para discutir as necessidades de África no domínio do desenvolvimento.

Esta reunião é o primeiro encontro de alto nível, depois do acordo alcançado em 2001 quando se constituiu a Nova Parceria para o Desenvolvimento em África, Nepad.

Pobreza

Mais informações com Patrícia Fonseca, da Rádio ONU.

"As Nações Unidas dizem que a economia da maioria dos países africanos está a crescer mais do que há uma década. Mas, apesar dos progressos, a África está a ficar para trás na corrida para atingir as Metas do Milénio.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu aos países africanos e aos seus parceiros internacionais para redobrarem os seus esforços, no sentido de tornar os compromissos assumidos realidade.

No encontro, em Nova Iorque, vão ser analisadas as acções realizadas por África e pela comunidade internacional, depois de se ter constituído a Nepad.

A ONU lembrou que cerca de 40% da população africana vive na pobreza extrema. Crise alimentar, alterações climatéricas e subida dos preços do petróleo são factores que agravam ainda mais a situação do continente africano.

Tendo em vista o desenvolvimento dos países daquele território, Ban Ki-moon fez várias recomendações e pediu o aumento do financiamento externo, a redução da dívida dos países africanos, e aconselhou o corte dos subsídios à agricultura dos países desenvolvidos para aumentar as exportações africanas".

Logo após o encontro de alto nível, os líderes internacionais devem reunir-se para a abertura dos debates anuais, que começam na terça-feira.