Assinantes de telemóveis devem aumentar, diz ONU

Assinantes de telemóveis devem aumentar, diz ONU

União Internacional de Telecomunicações, UIT, estima que, até final de 2008, 4 mil milhões de pessoas terão acesso à rede de telecomunicações móvel.

Patrícia Fonseca, Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da União Internacional de Telecomunicações, UIT, Hamadoun Touré, afirmou que os subscritores de serviços telefónicos móveis devem atingir os 4 mil milhões até ao final deste ano.

Touré falava no encontro de alto nível sobre as Metas do Milénio, decorrida esta quinta-feira, em Nova Iorque.

Comércio

De acordo com a UIT, o crescimento mais impressionante foi registado em quatro países, Brasil, China, Índia e Rússia, conhecidos como Bric.

De acordo com a ONU, somente neste grupo, o número de assinantes deve atingir os 1,3 mil milhões.

A União Internacional de Telecomunicações informa que as novas Tecnologias da Informação e Comunicação têm registado um crescimento anual na ordem dos 24%, entre 2000 e 2008.

Números que, para Touré, espelham o benefício que as novas tecnologias de informação e comunicação poderão ter no atingir das Metas do Milénio, até 2015.

Aparelho

Um recente relatório da UIT mostrou exemplos disso mesmo: em África, por exemplo, o telemóvel abriu portas para o o comércio por telefone móvel, conhecido como m-commerce, que permite aos agricultores acesso a informações de preços, bem como permitiu o pagamento de serviços e bens.

Contudo, a UIT pede cautela na interpretação dos números, que apontam uma taxa de penetração das TIC em 61%. É que é preciso ter em conta que a estatística contabiliza duplas subscrições e ignora o uso de um só aparelho por várias pessoas.