ONU propõe fim do programa Petróleo por Comida

ONU propõe fim do programa Petróleo por Comida

Ban Ki-moon (foto) sugeriu medidas para encerrar iniciativa após suspensão das sanções contra o Iraque.

João Duarte, Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, apresentou uma série de propostas para terminar o programa Petróleo por Comida, ao abrigo do qual se trocava combustível por artigos de assistência humanitária durante o governo de Saddam Hussein.

A iniciativa está desactivada desde 2003 após uma resolução do Conselho de Segurança que suspendeu as sanções contra o país árabe.

Reunião

Numa carta ao conselho, divulgada na terça-feira, Ban lembrou que o processo de autenticação de documentos para oficializar o fim do programa tem sido lento. Ele pediu a reunião de um grupo de trabalho em Junho para tratar do assunto.

Segundo Ban, ainda existem 132 cartas de crédito, em aberto, num total de US$ 273 milhões.

Há relatos segundo os quais alguns fornecedores estariam afirmando que apesar da entrega dos produtos, o governo iraquiano teria pedido o cancelamento das cartas de crédito.

Relatórios

Entre as propostas apresentadas pela ONU estão a observação do processo na fase final e mecanismos de resolução de disputas entre as partes envolvidas.

O grupo de trabalho da ONU também propôs a transferência de fundos e de responsabilidade pela gestão do programa no Iraque.

Segundo as Nações Unidas, o governo iraquiano estaria disposto a gerir o processo e enviar relatórios trimestrais ao Conselho de Segurança sobre o final do programa.