Nações Unidas apoiam luta contra a cólera na Guiné-Bissau (Português para África)

Nações Unidas apoiam luta contra a cólera na Guiné-Bissau (Português para África)

Segundo o Ministério da Saúde até ao momento mais de 1,7 mil pessoas foram infectadas e 36 pessoas morreram.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, anunciou o apoio ao Ministério da Saúde da Guiné-Bissau na luta contra a epidemia de cólera que o país enfrenta.

As principais regiões afectadas são a capital, Bissau, Quinara no sul do país e Biombo no oeste.

Esforços

A epidemia teve início em meados de Maio e desde então o Unicef mobilizou US$750 mil em ajuda aos esforços do governo para combater a epidemia.

Dados apresentados pelo ministério guineense da Saúde, até 10 de Agosto mais de 1,7 mil pessoas já tinham contraído a doença.

As iniciativas de combate à doença têm sido implementadas enquanto parte do plano nacional de combate à epidemia liderado pelo ministério da Saúde

O Unicef apoia a desinfecção do sistema de abastecimento de água da capital e a gestão dos resíduos potencialmente perigosos provenientes do hospital.