Aiea analisa reforço nutricional de alimentos BR

Aiea analisa reforço nutricional de alimentos

Agência da ONU e HarvestPlus sugerem estratégias para fortificar verduras, legumes e cereais ainda na fase de plantio.

Marta Barroso & Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

A Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, informou que está analisando propostas científicas de fortalecer os níveis de nutrição de pessoas nos países em desenvolvimento.

Num encontro com a organização HarvestPlus, especialistas discutiram novas estratégias alimentares para combater a fome entre os mais pobres.

Inovação

A diretora da Aiea para Saúde e Nutrição, Lena Davisson, afirmou que a HarvestPlus trabalha com desenvolvimento de plantações para melhorar a qualidade nutricional dos alimentos.

O objetivo do processo, de fortificação biológica, é reparar deficiências nas dietas dos quem têm difícil acesso à comida.

A iniciativa propõe adicionar os nutrientes na fase de plantio, o que segundo especialistas, é mais econômico.

A pesquisa levou quatro anos e foi coordenada por um grupo de cientistas e laboratórios da América Latina e da Ásia.

Um exemplo de alimentos fortificados são as batatas-doce laranjas testadas em Bangladesh, na Ásia.

A versão laranja da batata-doce contém vitamina A, um nutriente mais eficaz que os encontrados na batata-doce tradicional.