ONU prepara apelo de emergência para a Geórgia
BR

18 agosto 2008

Escritório da ONU de Assistência Humanitária, Ocha, diz que pedido deve ser apresentado nesta segunda-feira; mais de 115 mil estão deslocados.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.*

O Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, informou que deverá lançar, nesta segunda-feira, um apelo de emergência para as vítimas do conflito na Ossétia do Sul.

Segundo a porta-voz do Ocha em Genebra, Elizabeth Byrs, o apelo, de pelo menos US$ 15 milhões, o equivalente a mais de R$ 22 milhões, será anunciado na sede da ONU em Nova York.

Deslocados

De acordo com a ONU, o número de deslocados pela violência ultrapassa 115 mil.

Na terça-feira, o alto comissário das Nações Unidas para Refugiados, António Guterres, viajará à Geórgia e à Rússia para ver de perto a situação das vítimas.

Ele deve visitar a província separatista da Ossétia do Sul e a cidade de Gori, ao norte da capital, Tbilisi. O chefe do Acnur também pedirá às autoridades georgianas e russas que garantam a segurança dos civis.

Na sexta-feira, o governo local da Ossétia do Norte, que fica na Rússia, informou que 300 mil pessoas já teriam atravessado a fronteira para fugir dos combates na Ossétia do Sul.

Numa nota, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, afirmou que está preocupado com a possibilidade de que o conflito possa se estender até o inverno no país.

Segundo a agência, muitos deslocados estão sendo abrigados em escolas e em outros prédios sob condições arriscadas de higiene.

Apresentação*: Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud