OMS diz que hepatite B afeta 2 bilhões de pessoas BR

OMS diz que hepatite B afeta 2 bilhões de pessoas

Vacina contra é aplicada no 1º ano de vida; doença pode causar câncer e cirrose.

Marta Barroso, Rádio ONU em Nova York.*

Um relatório da Organização Mundial da Saúde, OMS, revela que cerca de 2 bilhões de pessoas no mundo têm o vírus da hepatite B.

A doença se manifesta em menos de 1% dos casos de infecção, mas a hepatite do tipo B pode levar à morte ao se desenvolver em outras complicações como câncer e cirrose.

São Paulo

A vacina contra a hepatite B é geralmente aplicada no primeiro ano de vida da criança.

A coordenadora de Informação e Análise em Saúde da Organização Panamericana da Saúde, Opas, Fátima Marinho de Sousa, falou à Rádio ONU, de Washington, sobre a situação de infectados na cidade de São Paulo.

“ Nós temos 1,5% da população infectados, que são 150 mil pessoas. Se 1% adoece, nós vamos ter 1,5 mil pessoas, que vão adoecer gravemente. Esse custo é para o sistema público de saúde. A política de prevenção de hepatite B, hoje, é pela vacina. Porque tem uma vacina, boa, que funciona e já está, em vários países como o Brasil, incorporada no calendário de vacinação. O governo garante a vacina gratuita para toda a população.”

A transmissão da hepatite B não se faz apenas através de esperma ou sangue mas também por contato corporal.

A prevenção é possível através do uso de preservativo e vacina.

Apresentação*: Eduardo Costa, Rádio ONU em Nova York.