Perspectiva Global Reportagens Humanas

Nações Unidas discutem doenças causadas por efeito estufa

Nações Unidas discutem doenças causadas por efeito estufa

Conferência, no Gabão, vai sublinhar importância de um ambiente saudável para a saúde humana.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, anunciaram uma iniciativa conjunta para combater as consequências das mudanças climáticas sobre a saúde humana.

As duas agências, em conjunto com o governo do Gabão, estão a organizar a primeira conferência inter-ministerial sobre Saúde e Ambiente em África.

Conferência

O evento tem lugar em Libreville, capital do Gabão, entre 26 e 29 de Agosto. A conferência vai explorar as relações entre a saúde e o meio ambiente.

O chefe da Secção de Saúde e Nutrição do Unicef em Moçambique, Roberto di Bernardi, disse à Rádio ONU, em Maputo, que a malária, ou paludismo, é um dos principais desafios.

“É evidente que com o aumento da temperatura, áreas que antes não apresentavam estas condições climáticas favoráveis para o desenvolvimento dos mosquitos que podem transmitir o paludismo, vão apresentar potencialmente, estas condições climáticas favoráveis”, disse.

O objectivo da conferência é alcançar empenho político com vista a uma abordagem integrada assim como a mudanças institucionais e de investimento para diminuir as ameaças ambientais para a saúde.

Segundo a ONU, em 2002, água contaminada, poluição, exposição a produtos químicos, mau saneamento e falta de tratamento de resíduos foram responsáveis pela perda de 2,4 milhões de vidas.