África tem mais projectos de energia limpa, diz ONU (Português para África)

África tem mais projectos de energia limpa, diz ONU (Português para África)

Encontro no Gana termina com optimismo quanto a um acordo global sobre mudanças climáticas em 2009.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

A Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, Unfccc, terminou conversações na capital do Gana, Acra.

Em debate esteve a discussão de reduções nas emissões de gases que provocam o efeito de estufa.

Novo Acordo

Segundo o secretário-executivo do Unfccc, Yvo de Boer, houve progressos no sentido de se alcançar um novo acordo global sobre mudanças climáticas em Copenhaga até ao final de 2009.

Falando a propósito das áreas que estiveram em debate Yvo de Boer afirmou que África está a beneficiar com um maior número de projectos de energia limpa ao abrigo do Protocolo de Kyoto.

A desflorestação e a implementação do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, CDM, foram outros temas na agenda de trabalhos.

Mecanismo

Este mecanismo faz parte do Protocolo de Kyoto aprovado em 1997 o qual permite aos países desenvolvidos compensarem as suas emissões de gases através do financiamento de projectos de energia limpa nos países em desenvolvimento.

A próxima ronda de discussões terá lugar em Dezembro na Polónia.

Num outro desenvolvimento, continua a decorrer em Libreville no Gabão a primeira conferência inter-ministerial sobre Saúde e Ambiente em África.

O encontro foi organizado pela Organização Mundial da Saúde, OMS, e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma.

O objectivo da conferência é alcançar empenho político com vista a uma abordagem integrada assim como a mudanças institucionais e de investimento para diminuir as ameaças ambientais para a saúde.