Investimento em energias limpas batem recorde BR

Investimento em energias limpas batem recorde

Estudo de agência da ONU sugere que programa de biocombustíveis do Brasil e da Índia atraíram investimentos.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, informou que os investimentos em energias renováveis e eficientes bateram recorde em 2007.

Segundo um relatório, publicado pelo Pnuma nesta terça-feira, apesar da crise financeira, o setor de energia limpa atingiu quase US$ 150 bilhões em 2007, o equivalente R$ 240 bilhões, um aumento de 60% em relação ao ano anterior.

Corrida do Ouro

O relatório da ONU comparou o interesse em fontes renováveis de energia à corrida do ouro, registrada no século 19 nos Estados Unidos.

A maior parte dos investimentos foi canalizada para a Europa, seguida por Estados Unidos.

Brasil, China e Índia atraíram o interesse dos investidores no setor de biocombustíveis. Uma das razões teria sido a alta no preço do petróleo e a transição de muitos países para uma economia neutra em carbono.

Energia Eólica

O estudo do Pnuma afirma que mesmo com 500% de aumento nos níveis de investimentos, a África continua sendo um continente com baixo crescimento se comparada a outras regiões do mundo.

A agência da ONU sugere que a África Sub-Saariana é a área que mais deve se beneficiar dos investimentos em energias renováveis nos próximos anos.

O campeão de interesse é a energia eólica seguida por energia solar.

De acordo com o relatório, os investimentos nas duas áreas devem atingir US$ 450 bilhões, por ano, até 2012.